IES versus ficheiro de auditoria tributária

As empresas que não entreguem dentro do prazo o ficheiro de auditoria tributária, ou que não o submetam de todo, vão passar a estar sujeitas a uma coima que pode ir aos 7.500 euros. A essa coima vai somar-se uma outra, de valores potencialmente idênticos, pela não entrega da Informação Empresarial Simplificada (IES), que está dependente do dito ficheiro.